Como eu vou conseguir o dinheiro para começar?

 Se uma arrecadação de fundos independente é que meio que você quer, nós reconhecemos os desafios associados a isso e colocamos uma lista abaixo com sugestões que vão ajudar você. É claro que com qualquer uma delas, vamos ficar felizes de ajudar você.

A mensagem que estamos mandando a você é: NÃO deixe a parte econômica fazer você deixar de perseguir seus sonhos. Nós honestamente acreditamos que existe uma solução – se você ter vontade.

LISTA DE SUGESTÕES PARA ARRECADAÇÃO DE FUNDOS INDEPENDENTE

 1.   Faça uma lista com todas as pessoas que você conhece. Não esqueça ninguém.

Você nunca sabe quem pode ajudar você a conseguir seus objetivos. Mais contribuições, melhor, mesmo vindo de você ou de seus amigos mais próximos indo até mesmo a sua família. Existe uma lei na arrecadação de fundos que diz: se você não perguntar, você não vai conseguir nada. Pergunte a todos, mesmo quem você não conhece para ajudar você nessa causa.

 Escreva cartas personalizadas a eles, informando-os sobre a oportunidade que você está prestes a embarcar. Explique seus objetivos, razões e como a doação de algum deles vai fazer um grande impacto na sociedade.

 Faça isso curto e simples. Siga com cartas de uma página. Muita informação pode deixar as pessoas confusas.

 Pergunte por um específico montante de dinheiro. Quando você diz uma contribuição, algumas pessoas pensam em 5$, enquanto outros pensam 500$. Diga as pessoas quanto você quer. Diga a eles o total que você está arrecadando, você pode também fazer um plano diário de quanto conseguir ou quanto você vai utilizar. Então, com isso definido, profissionais podem contribuir mais daqueles que são estudantes. Não tenha medo de pedir para pessoas próximas por 100$, 200$ ou então 500$.

 Mostre um senso de urgência. Isso limita a eles a não esquecer sobre dar a você uma ajuda.

 Faça isso para convencê-los a dar você uma doação e deixe entender que isso é um compromisso mais que uma promessa. Diga: “ Se você não tem o dinheiro agora, por que você não faz um cheque para alguns dias?” Ou pergunte a eles para preencher um patrocínio e levar de volta a eles numa data determinada. Você pode mesmo os fazereles dar suas contribuições via Pay pall no www.iicd-volunteer.org

 Dê incentivos. Escreva uma carta dizendo obrigado e inclua uma lista dos nomes de quem está ajudando você. Faça uma pequena celebração de casa aberta para as pessoas que ajudaram você.

 Prometa uma apresentação a eles logo na volta. Oferecendo um show de slides é um jeito muito bom de conseguir apoio de organizações religiosas, pessoas cívicas, instituições educacionais e outros grupos. É evidente que aqueles dólares doados foram destinados a ajudar pessoas. Fotos de você trabalhando no outro lado do mundo podem ter um impacto bom na mente das pessoas que o patrocinaram.

 Sempre siga em cima das pessoas que podem suportar você. Você precisa ter o telefone de um pequeno negócio, um grupo cívico ou religioso, e de seus amigos e familiares para deixá-los saber que você realmente precisa dessa ajuda.

Um telefonema pode fazer a diferença entre mandar a doação para você ou somente esquecer e nunca fazê-la.

 2.   Informe o seu bairro e as pessoas que fazem trabalho voluntário na sua área. Diga a eles quanto você precisa e ver se é possível eles o ajudarem de algum jeito.

3.   Contate igrejas locais. Mesmo que IICD não seja conectada com nenhuma organização religiosa em particular, sua igreja talvez vá querer ajudar em trabalhos de compaixão ao redor do mundo.

4.    Contate sua cidade ou governo, eles podem estar disponíveis para colocar você em alguma bolsa de estudos ou coisas do gênero.

5.   Se você é universitário, contate os Alumni e diga a eles sobre o programa e veja se eles podem ajudar você ou souber de alguém que possa ajudá-lo.

6.   Professores estão sempre dispostos a ajudar. Talvez eles não tenham o dinheiro, mas com certeza vão ajudar a espalhar sua idéia e talvez encontrar a pessoa certa que vá ajudar você.

 7.   Aplicar para bolsa com governo ou corporações. Consulte os diretores sociais de fundações que especificamente emprestam dinheiro para seu programa particular.

 8.   Pequenos negócios são de longe melhores que grandes corporações para contribuir com sua causa. A chave é ter uma conexão entre você e o dono, ou do dono com alguém que você conheça. Mande primeiro uma carta explicando o programa e acompanhe com um telefonema. Existe um voluntário que foi patrocinado por uma mercearia. Como volta teve o prazer de ter publicidade.

 9.   Contatar com clubes como Rotary,Kiwanis, Lions and Optmists, são organizações de fraternidade como os clubes Elk e Moose são excelentes para arrecadação de fundos. A melhor pedida é você fazer um encontro com esses clubes e organizações e fazer uma aprensetação de 10-15 minutos a eles sobre a IICD e Humana People to People. Contate todos possíveis em sua região. Diversos clubes têm café da manhã, almoço ou janta junto onde você pode se aproximar e fazer um pedido de apresentação. É muito importante que você diga que esse dinheiro não é destinado para férias e sim para fazer voluntariado no outro lado do mundo fazendo a diferença para aquelas pessoas. Diga a eles também que na volta de seu programa você fará uma apresentação em Power point para eles.

 Depois da reunião, escreva uma carta dizendo obrigado pela oportunidade de falar as pessoas e volte a falar sobre seu pedido. Seja específico e diga um montante exato de dinheiro e como isso vai ser usado. Entre 200-400$ é provavelmente um bom valor.

10.   Um jeito tradicional de arrecadar dinheiro é fazer vendas de coisas, artes, velas, garagem etc. Você conhece algum artista, padeiro ou escritor? Pergunte a eles se eles gostariam de doar suas criações para que você venda em prol do seu projeto.

 11.  Rifas são ótimas para grupos em arrecadação de fundos, ao contrário de individualmente. Com freqüência grupos conseguem doações das lojas locais, companhias, restaurantes etc, o qual eles podem rifar um grande evento de dança. Usar “Quem você conhece” principalmente. Quando não se tem nada a rifar, eles rifam dias de tralbaho.

12.   Venda seus serviços! Vá de porta em porta e pergunte se eles precisam de ajuda por uma tarde e faça um acordo de trabalhar por um determinado montante de dinheiro.

13.  Organize e programe uma parceria com organizações de voluntários ou hospitais. Prepare uma grande mesa com informações sobre seu programa que concorde com voluntariado em troca de doações.

14.  Muitos estudantes não contatam só organizações locais, mas também fazem apresentações para a diretoria dessas organizações. “Colocar a cara no negócio” muitas vezes é chave do sucesso.

Importante: Como você recebe doações de diversas pessoas, anote um catálogo de quem doou e o quanto doou. Isso vai ser útil para ter o controle da sua arrecadação de fundos e objetivos.

A arrecadação de fundos coloca você numa posição de estar pronto para o bem da humanidade, em oposição daqueles que pensam que o trabalho de desenvolvimento é inútil. Além disso, você está dando uma oportunidade para aqueles que ainda acreditam quem deseja contribuir para seu esforço. Você está oferecendo uma variedade para aqueles que querem contribuir e não sabem por onde começar. Arrecadação de fundos deve ser vista como uma ferramenta educacional e tratada como, para você e para sua comunidade

 

Então, vamos fazer isso acontecer.

 

Want to know more?

Fill out the application form to speak with one of our recruiters.

News From IICD
Our volunteers made this blogs while they worked in Mozambique and Zambia, Africa. An honest and authentic point of view of their project.
"As we stand on the edge of a new millennium, we dream of a tomorrow without hunger… Worrying about starving future generations won't feed them. Food biotechnology will."
It’s like this proverb from Sobonfu Some: “In the tribal life, one is forced to slow down, to experience the now and commune with the earth and nature. Patience is a must; no one seems to understand the meaning of “hurry up”.”
TO CAST OFF ONE'S CHAINS BUT TO LIVE IN A WAY THAT RESPECTS AND ENHANCES THE FREEDOM OF OTHERS" NELSON MANDELA
that the earth is NOT coming to an end on December 21st 2012 as predicted by some of our forefarthers
Aurora, Feoli and Takashi share their experiences in Brazil.
Friends Forever is arranging sales exhibitions "Master Sculptors of Zimbabwe and their Works" worldwide. Read more on http://www.friendsforeverzimbabwe.com
then the villagers could be free from the grasp of the loan sharks. That is what I did. I never imagined that this would become my calling in life.
that my six months in Lamego, Sofala state in Mozambique, would be such a great time in my life before getting there
but at the end you will get a bigger reward that only this experience can give you……. in my case it was…… humility.
Site By BerkSites - Berkshire Website Design
Website design, hosting and maintenance by BerkSites - Berkshire Website Design
loading...