Os Países

Moçambique

Moçambique está situado na costa sudeste africana. O país tem experimentado o crescimento sócio-econômico desde a assinatura do tratado de paz em 1992, trazendo o fim de uma guerra civil de 17 anos. Moçambique se tornou independente de Portugal em 1975 encerrando com isso quase 5 séculos de administração do território. Atualmente, o país ainda está em transição com um alto número de desafios econômicos e sociais incluindo desemprego, baixa produtividade da agricultura bem como infra-estrutura e serviços sociais limitados. Devido à isso, Moçambique é ainda considerado um dos países mais pobres no mundo.

Quase metade da população tem  menos de 15 anos. A AIDS é um problema em crescimento – por exemplo, todos os anos morrem mais professores por causa de doenças relacionadas à AIDS do que formam-se professores nas Escolas de Professores do Futuro. A expectativa de vida é de 40 anos. Há sérios problemas ambientais, milhões de minas no solo e algumas áreas estão constantemente atingidas por secas.

O povo moçambicano enfrenta muitos desafios na construção do país, na luta contra a pobreza e na superação do legado deixado pela colonização e pela guerra civil. Contudo, qualquer um que estever em Moçambique retornará com um imenso respeito pelo povo moçambicano e sua habilidade em se manter otimistas diante das dificuldades. Passo a passo, o país tem ido à frente.

ADPP (Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo) é um membro da Humana People to People e tem trabalhado em Moçambique desde 1982, operando 42 projetos em todas as regiões do país. Dessa forma, a ADPP tem trabalhado em Moçambique do período da guerra civil  até agora quando o país se encontra em paz. Há fortes laços e respeito entre os moçambicanos e a ADPP.
Como um Instrutor de Desenvolvimento em Moçambique seu trabalho estará entre:

Escola de Professores do Futuro: Em 1992, logo após o tratado de paz ter sido assinado, o governo de Moçambique e a ADPP assinaram um contrato em que a ADPP construiria 12 Escolas de Professores do Futuro. Hoje, há nove escolas em operação e três mais por vir assim como a One World University que treina professores para as EPF's.
Até agora, 4.300 professores foram habilitados a trabalharem em escolas rurais primárias. Moçambique tem colocado muitos esforços na educação primária e, atualmente, 80% das crianças vão à escola por cinco anos. Nossos Instrutores de Desenvolvimento ensinam inglês, ciências, pedagogia e outras matérias. Organizam programações noturnas e aos finais de semana, oficinas e os períodos de prática de ensino para os professores em treinamento bem como atividades externas da comunidade.

Escolas Vocacionais: o IICD envia Instrutores de Desenvolvimento para a Escola Vocacional em Nhamatanda na região central de Moçambique. Nesse projeto, 105 jovens moçambicanos participam de 2 anos de treinamento em agricultura, pecuária, contabilidade e administração ou construção. Ao mesmo tempo, eles recebem um treinamento acadêmico equivalente à 8ª e ao 1° ano do ensino médio. Dominar uma técnica é essencial para o futuro profissional. A experiência de viver na escola é muito popular entre os estudantes. Eles participam de várias atividades em comunidade. Nossos Instrutores de Desenvolvimento ensinam inglês, informática, esportes, programações noturnas e atividades comunitárias.

Child Aid e escolas infantis: Os projetos do Child Aid e as escolas infantis em Chimoio para órfãos são parte da extensão do programa da Humana People to People para melhorar as condições de vida das crianças e suas famílias. Através de 10 linhas de atividade, os projetos tratam das condições essenciais envolvidas no combate à pobreza – fortalecendo a economia das famílias, saúde, educação, programas de HIV/AIDS, programas para órfãos, escolas infantis, segurança alimentar, limpeza da água usada para beber etc. Amplo programa comunitário que desenvolve nas pessoas a capacidade de melhorar suas condições básicas de vida. Como um Instrutor de Desenvolvimento, você irá trabalhar com todas as diferentes linhas de atividade – ombro a ombro com as comunidades.

Clube de Agricultores: é um programa comunitário que mobiliza, unifica e capacita pequenos agricultores a melhorarem sua produção e sua renda familiar. Os clubes existem essencialmente para garantir comida para as pessoas nas áreas rurais. Os Instrutores de Desenvolvimento participam dos esforços das seguintes formas: ensino básico de cálculos , organizando aulas de métodos de agricultura e melhoria do solo, construção do abastecimento de água, organização dos contratos de compra e venda, lições de saúde, nutrição e higiene, participando das atividades no campo e muitas outras atividades.

HOPE e TCE: estima-se que 12% da população adulta de Moçambique é HIV positiva – das quais as consequências são facilmente vistas na realidade assim como nas estatísticas. HOPE e TCE são programas especialmente pensados para a luta contra a AIDS/HIV, mobilizar e educar as comunidades como tratar com as muitas consequências da epidemia. Um dos principais parceiros do TCE é o USDA(Departamento de Agricultura do Estados Unidos). Os Instrutores de Desenvolvimento são treinados pelos Oficiais de Campo, que os levam em campanhas nas casas de cada área com o propósito de atingir todos os indíviduos com informações e educação. Os Instrutores de Desenvolvimento também participam do trabalho com os voluntários locais, iniciam projetos que estão por vir, ajudam as comunidades a cuidarem dos órfãos e pessoas que estão doentes, organizando campanhas para realização do teste, ajudando pessoas locais a abrir e operar restaurantes de soja, pelo qual pessoas vulneráveis podem adquirir proteína -  e muitas outras atividades que trabalham para colocar a epidemia sobre controle.

Zâmbia

Zâmbia, o caloroso coração da África!

Zâmbia é um país sem saída para o mar no coração do sul da África. Está situada num planalto com rios majestosos como o Luapula e o Zambezi, possuindo fronteiras naturais e um amplo recurso hídrico. Zâmbia faz fronteira com a República Democrática do Congo ao norte, Zimbábue ao sul, Angola ao oeste e, finalmente, Moçambique e Malawi ao leste. O país é um pouco maior que o Texas com uma população de 11,5 milhões de pessoas. A mineração e processamento de Cobre, Zinco e Cobalto contribuem com mais de 85% do PIB anual. Apesar do clima ser excelente para a agricultura, a busca por uma vida melhor nas mineradoras das grandes cidades tem feito da Zâmbia um país urbanizado com aproximadamente 50% da população vivendo em cidades.

O povo da Zâmbia é muito aberto e amigável. A população é formada por mais de 70 grupos étnicos cada um com sua própria língua e cultura. A qualidade mais importante é que os zambianos se sentem muito como um único povo. "Uma Zâmbia, Uma Nação" é expresso no lema nacional. Zâmbia tem sido um país pacífico tanto durante quanto depois da colonização britânica, que terminou em 1964. O país é a casa das Cataratas Vitória assim como de grandes áreas de Parque nacional onde animais selvagens podem ser vistos andando livremente.

Por outro lado, a Zâmbia é um dos mais endividados países do sul da África . 32% do total do PIB é anualmente usado para pagar empréstimos com credores. 86% dos zambianos vivem abaixo da linha da pobreza. A taxa de infectados pelo HIV entre a população é de 18%. Como conseqüência disso, 46% da população tem menos de 18 anos.

Instrutores de Desenvolvimento são muito necessários na Zâmbia.

ADPP Zâmbia, um membro da Humana People to People, iniciou seus trabalhos em 1986 e opera 21 projetos de desenvolvimento que estão distribúidos nas nove províncias. Esses projetos vão do Child Aid, em que a ênfase está no desenvolvimento comunitário nas áreas rurais, até o TCE e o HOPE, no qual a ênfase é o controle da AIDS/HIV. Somado à isso, a ADPP também opera em 27 lojas onde roupas de segunda mão coletadas e trazidas da Europa são vendidas por preços acessíveis. Com isso, é proporcionado fundos para os projetos sociais como o Child Aid e HOPE.

Como Instrutor de Desenvolvimento na Zâmbia seu trabalho poderá ser:

Instrutor de Desenvolvimento no Child Aid: Crianças são o mais precioso recurso de um país. Para um país em desenvolvimento como a Zâmbia, é de extrema importância oferecer boas condições para o desenvolvimento infantil. No projeto do Child Aid você vai trabalhar na implementação e funcioamento de escolas infantis, treinamento e viabilização de professores, ajudar no início de pequenos grupos de empréstimos de micro-crédito, supervisionar e participar da construção de latrinas assim como obtenção de água potável. Este trabalho é feito em grande parte nas zonas interioranas do país, portanto, você deve estar preparado para condições bem básicas de vida onde eletricidade e água corrente são limitados. Sua locomoção será feita em grande parte de bicicleta ou à pé.

TCE: Zâmbia tem umas das mais altas taxas de infecção de HIV e tem crescido há alguns anos sem que seja notado sinais de queda. O TCE é uma importante ferramenta no combate à epidemia. Como Instrutor de Desenvolvimento no TCE você participará da massiva campanha de casa em casa que é desenvolvida. Você participará da educação de todos da área sobre como evitar AIDS e como tratar das pessoas que estão infectadas. Você dará aulas e treinará os Oficiais de Campo sobre todos os assuntos relacionados a doença e suas conseqüências.

Children's town: ADPP Zâmbia opera uma Children's Town onde 300 crianças, muitas das quais moram nas ruas e são órfãs, têm a chance de ter uma vida melhor por meio da educação e do treinamento de habilidades. Como Instrutor de Desenvolvimento na Children's Town, você será um professor, um pai(ou mãe) além de cuidar e dar carinho às crianças. Você ensinará inglês, ciências e conhecimentos sobre o mundo. Você será como um tutor de crianças que precisam de atenção escolar extra. Você será uma importante figura para as crianças que precisam de bons exemplos adultos.

.

Want to know more?

Fill out the application form to speak with one of our recruiters.

News From IICD
Our volunteers made this blogs while they worked in Mozambique and Zambia, Africa. An honest and authentic point of view of their project.
"As we stand on the edge of a new millennium, we dream of a tomorrow without hunger… Worrying about starving future generations won't feed them. Food biotechnology will."
It’s like this proverb from Sobonfu Some: “In the tribal life, one is forced to slow down, to experience the now and commune with the earth and nature. Patience is a must; no one seems to understand the meaning of “hurry up”.”
TO CAST OFF ONE'S CHAINS BUT TO LIVE IN A WAY THAT RESPECTS AND ENHANCES THE FREEDOM OF OTHERS" NELSON MANDELA
that the earth is NOT coming to an end on December 21st 2012 as predicted by some of our forefarthers
Aurora, Feoli and Takashi share their experiences in Brazil.
Friends Forever is arranging sales exhibitions "Master Sculptors of Zimbabwe and their Works" worldwide. Read more on http://www.friendsforeverzimbabwe.com
then the villagers could be free from the grasp of the loan sharks. That is what I did. I never imagined that this would become my calling in life.
that my six months in Lamego, Sofala state in Mozambique, would be such a great time in my life before getting there
but at the end you will get a bigger reward that only this experience can give you……. in my case it was…… humility.
Site By BerkSites - Berkshire Website Design
Website design, hosting and maintenance by BerkSites - Berkshire Website Design
loading...